• EFCT Cursos

EXTINTORES DE INCÊNDIO: TIPOS E CLASSIFICAÇÃO

Atualizado: Nov 18


IMPORTÂNCIA DOS EXTINTORES


O extintor de incêndio é um equipamento de uso obrigatório em edifício residencial, edifício comercial, empresas e indústrias. O que determina quais extintores e quantidade que será necessária em cada local é o que será desenvolvido nesse ambiente.


Extintor de incêndio é um equipamento de combate ao foco de incêndio, entrando como parte da proteção ativa das edificações. Existem diversos modelos e tipos diferentes de extintores de incêndio e neste post vamos falar sobre os tipos e classes de fogos para aplicação deste equipamento.


Para definir o tipo e classe, é observado a intensidade do fogo, a classe do material gerador do incêndio e a capacidade extintora necessária para a edificação/ local de instalação. Os extintores são divididos em dois grupos: os portáteis e os sobre rodas.

Extintor portátil

É um extintor de porte pequeno, utilizado para apagar princípios de incêndio. A capacidade mínima de cada tipo de extintor portátil para que se constitua uma unidade extintora, deve ser:

A. Carga d’água: extintor com capacidade extintora mínima de 2-A;

B. Carga de espuma mecânica: extintor com capacidade extintora mínima de 2-A : 10-B;

C. Carga de dióxido de carbono (CO2): extintor com capacidade extintora mínima de 5-B : C;

D. Carga de pó BC: extintor com capacidade mínima de 20-B : C; E. Carga de pó ABC - extintor com capacidade extintora mínima de 2-A : 20-B : C;

F. carga de halogenado: extintor com capacidade extintora mínima de 5-B : C;

Extintor sobre rodas

É um extintor de maior porte, possui uma capacidade extintora superior ao portátil. A capacidade extintora mínima de cada tipo de extintor sobre rodas, para que se constitua uma unidade extintora deve ser:

A. Carga d’água: extintor com capacidade extintora mínima de 10-A;

B. Carga de espuma mecânica: extintor com capacidade extintora mínima de 6-A : 40-B;

C. Carga de dióxido de carbono (CO2): extintor com capacidade extintora mínima de 10-B:C;

D. Carga de pó BC: extintor com capacidade extintora mínima de 80-B : C;

E. Carga de pó ABC: extintor com capacidade extintora mínima de 6-A : 80-B : C;

Classe dos extintores

As classes dos extintores são determinadas a partir de ensaios realizados pela ABNT NBR 15808 (extintores portáteis) e pela ABNT NBR 15809 (extintores sobre rodas). Os extintores são organizados entre as classes A, B e C de acordo com o tipo de fogo que eles são capazes de apagar.

Classe A: apagam o fogo que se origina pelo processo de pirólise em materiais combustíveis sólidos. Os testes realizados a fim de determinar o potencial extintor dessa categoria são feitos em blocos de madeira e determinaram que a capacidade extintora dessa classe varia entre 2-A (78 elementos – mínimo) e 30-A (192 elementos - máximo);

A instalação desse tipo de extintor deve ser feita de maneira que o operador não precise percorrer uma distância maior do que a estabelecida na tabela abaixo:


Tabela de risco: classe A



Classe B: extingue incêndios gerados por combustíveis sólidos que se liquefazem por ação do calor e gases inflamáveis. Os testes de capacidade extintora dessa classe são realizados em recipientes com líquido inflamável. Os testes indicam que a capacidade extintora desta classe varia entre 5-B (1,15m2; 58L de n-heptano) e 160-B (37,20m2; 1,895L de n-heptano);

Neste caso, a soma de extintores com menor capacidade extintora não pode ser utilizada (exceto extintores com carga de espuma mecânica). Os extintores para as diferentes classes de risco devem ser selecionados de acordo com a tabela abaixo:




Classe C: apaga o fogo gerado em materiais, equipamentos e instalações energizadas;

Os extintores desta classe devem ser distribuídos com base na proteção do risco principal da edificação ou da área de risco, sendo necessário seguir a mesma distribuição das classes A ou B.

Instalação e sinalização

Extintores portáteis

Quando os extintores forem instalados em paredes ou divisórias a altura deve variar entre 0,10m e 1,6m;


Cada pavimento deve ter no mínimo 2 extintores. Além disso, eles precisam ser um de classe A e outro de classe BC ou 2 de classe ABC;


O extintor de pó ABC pode substituir qualquer tipo de extintor de classes especificas A, B e C dentro de uma edificação ou área de risco;


Os extintores de incêndio devem equivalentes à classe predominante da construção, intercalados na proporção de dois extintores para o risco predominante e um para a produção de risco secundário;


Para proteção por extintores de incêndio em instalações de líquidos inflamáveis e combustíveis, gás liquefeito de petróleo, gás natural, pátio de contêineres e outras instalações específicas devem ser observadas, adicionalmente, as ITs pertinentes;



Extintores sobre rodas

Não é permitida a proteção de edificações ou áreas de risco unicamente por extintores sobre rodas. Admite-se, no máximo, a proteção de metade da área total correspondente ao risco, considerando o complemento por extintores portáteis. Ambos são posicionados de forma alternada entre as áreas de risco;


O emprego de extintores sobre rodas só é computado como proteção efetiva em locais que permitam o livre acesso. Como por exemplo em postos de gasolinas, shoppings, áreas industriais, entre outros;


Por ser pesados, esse tipo de extintor por ser pesado, a sua proteção é restrita ao nível do piso em que se encontra;


A proteção por extintores sobre rodas deve ser obrigatória nas edificações de risco alto onde houver manipulação e/ou armazenamento de explosivos e líquidos inflamáveis ou combustíveis, exceto quando os reservatórios de inflamáveis/combustíveis forem enterrados;



Requisitos

  • Os extintores devem ser sempre recarregados e dentro do prazo de validade;

  • Os extintores devem estar em locais de fácil acesso. De preferência em lugares de passagem, saídas, entre outros;

  • É importante ressaltar que os extintores nunca devem ser instalados em escadas.

Normas aplicáveis

Além das legislações estaduais, decretos, instruções técnicas para instalação e manutenção de extintores existem algumas normas ABNT que devemos seguir:

  • ABNT NBR 12693 - Sistema de proteção por extintores de incêndio;

  • ABNT NBR 12962 - Inspeção, manutenção e recarga em extintores de incêndio;

  • ABNT NBR 13485 - Manutenção de terceiro nível (vistorias em extintores de incêndio);

  • ABNT NBR 15808 - Extintores de incêndio portáteis;

  • ABNT NBR 15809 - Extintores de incêndio sobre rodas;

Quer Saber mais sobre extintores, projetos e como obter AVCB?


Acesse: www.cursocombateaincendio.com.br


Autora: Gabriela Rodrigues

Revisão: Eng. Ederson Fanti

© 2019 by EFCT Cursos e Treinamentos. 

Para notícias e atualizações, assine nossa newsletter hoje

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon